Banner Principal - Jornal de Vinhos
Português English Castellano


Informação | Notas de Prova Comparadas

DORADO AlVARINHO SUPERIOR 2005

Trata-se de um Alvarinho com um perfil diferente. Todavia é dificil entender uma amplitude tão grande nas notas, são 7,5 pts. Rui Falcão não deve ter percebido o vinho e anda zangado com os critérios objectivos de prova.

«Compotas suaves, fruto maduro, marmelo, alperce, e tropical, toque fumado, complexo e contido, Cheio de frescura e classe na boca, finura de traço e formas, especiado, alguma tangerina, excelente harmonia cítrica, final muito longo e fragrante. Um alvarinho com ‘pedigree’.»
18 pts ……………………………………………………………. João Afonso in “Anuário de Vinhos 2008”, pag.79

«Prova de 2007. O nome expressa bem a cor do vinho nesta fase de evolução e o aroma mostra-nos um branco com alguma evolução, denunciando a idade mas mostrando toda a bondade da fruta madura, que lhe confere muita complexidade. Excelente volume na boca, a acidez, a acidez está lá mas muito bem envolvida com o corpo, o vinho tem muita concentração e um perfil muito distinto da maioria. Pode não agradar a todos mas é um grande Alvarinho.»
17 pts …………………………………………….... ....... João Paulo Martins in “Vinhos de Portugal 2008”, pag. 66

«Aroma delicado, fechado, austero, com sugestões de casca de fruto, citrinos, minerais, ligeiro floral. Na boca tem grande elegância, muita lima, acidez bem enquadrada, cremoso, muito persistente no final elegante e longo.»
17 pts ………………………………………………………..Guia de Compras 2009 – Revista de Vinhos, pag. 21

«Cor amarelo dourado de média intensidade, inicialmente fechado, revela notas de fruto branco, notas de brioche pão fresco, com uma forte componente mineral. Estilo pouco vistoso, algo rústico, mas muito personalizado. Sólido na estrutura, tem belo corpo, acidez brilhante e ampla, revela cuidado no fruto, com final longo e persistente. É um vinho de belo efeito, que é necessário dar-lhe tempo para se mostrar.»
16,5 pts .........………………………………………… Manuel Moreira in Painel de Provas Blue Wine Maio 2007

«Cor amarela limão. Os aromas directamente florais e vegetais acabam logo abafados pelas notas oxidativas, pelo leve ranço e um princípio de vinagrinho que não auguram um futuro feliz. A boca encarrega-se de confirmar o inevitável … »
10,5 pts ...…………………………………………………………… Rui Falcão in “Guia de Vinhos 2008”, pag. 233

AS NOTAS DE PROVA SÂO TRANSCRITAS 'IPSIS VERBIS'.

 

 

 

Imagem associada


JORNAL DE VINHOS 2008 v. 2 POWERED BY VBWORKS.NET