Banner Principal - Jornal de Vinhos
Português English Castellano


Informação | Vinhos Do Mundo

POEIRA CS 2009 APRESENTADO EM MACAU PELA PALATIUM FINE WINES

Hotel Four Seasons de Macau foi o palco privilegeado para a apresentação mundial do POEIRA CS 2009 do produtor Jorge Moreira.

17-07-2012

____________________________________________________________________________________________

Inserida na segunda prova de vinhos da empresa Palatium Fine Wines, o Poeira CS 2009, foi um dos sucessos do evento que contou a presença de mais de 100 pessoas entre General Managers de alguns Hotéis de Macau, Diretores de F&B, distribuidores de Hong Kong.

O enólogo Jorge Moreira, refere que “desde o primeiro momento em que comprou a sua quinta que ficou claro  o caminho que queria seguir, fazer vinhos muito personalizados e intimamente ligados ao local que lhes dá origem. Vinhos que fossem uma expressão do solo, da altitude, da disponibilidade hídrica, da exposição solar, das castas e do Douro", e sublinha: "Sempre acreditei, que em relação às castas, tínhamos que aproveitar e explorar o imenso património de variedades autóctones do Douro".

Refere ainda que os primeiros grandes vinhos que provou  - e contribuíram para a paixão que tem atualmente pelo vinho - foram feitos a partir de cabernet sauvignon. E explica: "Quando fiz as primeiras plantações encontrei uma minúscula parcela de terreno (0,31ha) com exposição Noroeste que me pareceu perfeita para cabernet.”

O Poeira CS tem por base a casta Touriga Nacional (56%) e um blend de duas outras castas não muito comuns em vinhos portugueses, o Cabernet Sauvignon (23%) e o Sousão (21%). É um vinho muito intenso e expressivo, quase radical, que combina a austeridade e classe desta casta francesa com a generosidade e beleza do Douro.

Durante a prova, foi também apresentado o magnífico Alentejano Gloria Reynolds 2002, do produtor com o mesmo nome, também uma estreia no Oriente e disponibilizado pela primeira vez ao publico. Da Região dos Vinhos Verdes os Quinta da Lixa Bruto e Alvarinho Pouco Comum, ambos da Quinta da Lixa. Do Douro, o Signature 2007 (15,5%!) da Douro Family Estates e o Três Bagos Grande Escolha 2007 dos Lavradores/de/Feitoria. Do Alentejo, fazendo par com o Gloria Reynolds, o Reserva do Comendador 2007 da Adega Mayor. Foi também provado o Quinta da Romeira Colheita Tardia 2004 da Companhia das Quintas.

Esta prova vem no seguimento de uma primeira realizada no dia 29 de Junho onde marcaram presença o Dom Ferro Bruto, o Alvarinho Palácio da Brejoeira 2010, o Três Bagos Sauvignon 2010 e o Pó de Poeira 2010 nos brancos e o Pó de Poeira 2009, o Quinta da Costa das Aguaneiras 2007, o Meruge 2007 e o Poeira 2009 nos tintos. O Vinho da Madeira também marcou presença com o East India Old Reserve 10 Years Old da Justino’s Madeira Wines.

Estas provas enquadram-se na estratégia da Palatium Fine Wines em divulgar e promover os vinhos portugueses em terras do Oriente. Com sede em Macau, e criada apenas há 3 anos, conta já com escritórios na China, e presença em alguns dos mais importantes locais da Ásia, nomeadamente em Singapura, Hong Kong, Pequim, Shnghai, Tóquio, entre outros.

A Palatium Fine Wines é uma sociedade composta por dois portugueses oriundos de Portugal, um português natural de Macau e um sócio natural de Singapura e já bastante conhecida nos mercados onde tem presença.
 

Imagem associada


JORNAL DE VINHOS 2008 v. 2 POWERED BY VBWORKS.NET