Espumantes, boa gastronomia, showcookings e harmonizações, provas comentadas e animação musical preencherão os três dias da Festa do Espumante de Melgaço, certame que, para Manoel Batista, presidente do município melgacense, se afirma como «um evento âncora para a economia do vinho na sub-região de Monção-Melgaço».

Estarão em prova 41 espumantes produzidos por 17 produtores de Monção e Melgaço, designadamente: Adega do Sossego, Alvaianas, Anselmo Mendes, Casa de Canhotos, Cortinha Velha, Dona Paterna, Dom Ponciano, Encostas da Capela, Encostas do Mouro, Provam Alvarinho Com Alma, Quintas de Melgaço, Quinta das Pereirinhas – Foral de Monção, Quinta do Regueiro, Reguengo de Melgaço, Soalheiro, Terras de Real e Valados de Melgaço.

À Festa junta-se um vasto conjunto de produtores regionais, que apresentarão iguarias de elevada qualidade, tais como fumeiro, enchidos, queijos e doçaria, através dos produtores Artesanali’s, Delícias de Alvaredo, Hidromel de Alvarinho, Melgaço em Sabores, Mel do Zé, O Casal, Prados de Melgaço – Queijaria, Prendokas, Roscas de Melgaço e Sabor do Céu.

O evento, de entrada livre, acontece no Largo do Mercado. Para além do espaço dedicado aos stands dos produtores, os visitantes terão à sua disponibilização uma área de restauração, que conta com 108 lugares sentados, onde será possível usufruir de experiências gastronómicas únicas, conhecendo e saboreando os paladares da gastronomia regional, através dos restaurantes Tasquinha Castreja e O Brandeiro.

Os visitantes poderão adquirir o kit de prova (copo e porta-copo) no stand da organização do evento, pelo valor de 3,5€.